Entrar  |   Registe-se  |   Ajuda
12 Dezembro 2018
quarta-feira


Apresentação
Estatuto editorial
Ficha técnica
Newsletter
Publicidade
Contactos
Onde Estou? Página Inicial » Estatuto editorial JM
Pesquisar
Estatuto editorial JM

Estatuto Editorial do Jornal da Mealhada

Propomo-nos:

Defender a liberdade de expressão e pensamento, que consideramos integrada nos direitos fundamentais dos cidadãos, pugnando por uma informação livre e pluralista, essencial à prática da democracia, nos termos constitucionalmente consagrados, comprometendo-nos a assegurar o respeito pelos princípios deontológicos e pela ética profissional dos jornalistas, assim como pela boa fé dos leitores.

Atentos aos problemas do Mundo, não esquecemos a paz como valor essencial ao progresso político, social e económico da humanidade, assim como da comunidade em que vivemos, tanto ao nível do País como do nosso próprio espaço.

Somos um jornal informativo. Por via disso a ideia de direito à informação é-nos sagrada e dela temos um entendimento alargado, que compreende o direito a informar e não enjeita, antes consagra, o direito a ser informado.

Para que esta última ideia tenha consistência prática, consagraremos páginas de OPINIÃO, abertas a quem pretenda expor as suas ideias, arrogando-nos, desde já, em compromisso solene, defensores, de forma indeclinável, das liberdades e garantias atinentes a tal fim.

Seremos um jornal republicano, democrático, mormente nas suas vertentes política, económica, social e cultural, comprometendo-nos à total independência perante quaisquer grupos económicos, assim como nos assumimos como defensores da pluralidade de opinião de todas as diferentes crenças religiosas sem desprezo por todos os agnósticos.

Como jornal de índole democrática, manifestamo-nos contra todas as ditaduras, crentes de que só a LIBERDADE permite ao HOMEM existir em comunidade organizada, aí tendo as condições para conseguir a harmonia do seu interior e da sua vida em comunidade. Neste contexto seremos defensores do regime democrático, onde todos os portugueses tenham o direito de pensar e de se exprimirem livremente e onde as minorias legalmente constituídas sejam sempre respeitadas. Dentro desta orientação, havemos de defender a valorização do HOMEM.

A nossa presença perante o público será quinzenal.

Videos
Mais comentadas
Mais lidas
Pesquisa de imóveis »
 
Apartamento T2 DUPLEX
Venda - Usado
Coimbra
Figueira da Foz, Buarcos e São Julião
Consultar Imóvel »
Moradia T9
Venda - Usado
Coimbra
Figueira da Foz, Buarcos e São Julião
Consultar Imóvel »
Quartos   
© 2011 Jornal da Mealhada. Todos os direitos reservados. Política de privacidade Desenvolvido por  Marques Associados Digital Lda.